Onde e quando nasceu Jesus?
24/12/2016 - 9h55 em Novidades
Onde e quando nasceu Jesus?

 

24/12/2016 

Onde e quando nasceu Jesus?

Todo ano, na época do Natal, há sempre quem pergunta: afinal, onde nasceu Jesus? É verdade que não nasceu em Belém, mas na minúscula aldeia de Nazaré? É verdade que não nasceu em 24 de dezembro?

 

O Natal como é vivido por cristãos é hoje muito mais uma lenda. Bela e terna, criada para que se cumprissem as profecias, segundo as quais o Messias deveria ser da linhagem de Davi, que tinha nascido em Belém.

Em verdade, Jesus e toda sua família eram de Nazaré. Todos judeus. Com a lenda de seu nascimento em Belém, nasceu também a lenda da fuga para o Egito porque o rei Herodes desejava matar o menino. Como não conseguiu encontrá-lo, teria mandado matar todos os meninos que encontrassem. Uma lenda cheia de simbolismo, ao gosto de adultos e crianças.

A lenda do nascimento de Jesus é silenciada por dois dos quatro evangelhos canônicos: o de Marcos e o de João. Eles dão por certo que Jesus era de Nazaré, uma pequena aldeia, tão diminuta que não aparece nos mapas da época. Tão rural que nela se falava um dialeto do aramaico e não o aramaico, a língua oficial. O hebreu tinha se transformado em língua de culto.

Tão insignificante que naquele tempo os fariseus, diante da fama que Jesus ia ganhando, questionavam se "se poderia nascer algo de bom em Nazaré".
Jesus nasceu sem magos do Oriente. Sem manjedoura e sem ser perseguido por Herodes. Não nasceu em 24 de dezembro pelo simples fato de que nenhum texto evangélico fala dessa data. Foi escolhida pela Igreja Católica muito tempo depois pois esse era o dia da grande festa de Roma, a festa ao Deus Sol. a igreja batizou como cristã a grande festividade pagã dos romanos.

Outro argumento dos teólogos para defender que Jesus era de Nazaré está no fato que naquela época, os homens recebiam o sobrenome usando o lugar de nascimento ou o nome do pai. Se Jesus tivesse nascido em Belém, teria de ser chamado de Jesus de Belém ou de Jesus de José. Isso não aparece em nenhum texto. Em todos, sem exceção, chama-se sempre Jesus de Nazaré.

Onde e quando nasceu Jesus?

Uma mirada na Nazaré de Jesus

Nazaré era um vilarejo com 500 a 2 mil pessoas. A maioria dos colonos judeus tinha de se contentar com casas de parede de pedra pouco trabalhada. As pedras não se encaixavam totalmente. Há ruínas desses sítios em Israel que podem ser visitadas por turistas. Essas casas eram construídas com pouca ou nenhuma argamassa. Tinham apenas um ou dois cômodos. O teto era plano. Esse conjunto de pedras desencaixadas, nenhuma argamassa e teto plano destinavam chuvaradas dentro das casas. Para completar, o teto era feito com galhos de árvores, folhas secas e, raramente, com argila.

 

Era comum construir várias dessas diminutas casas em torno de um pátio central, sem cobertura, relativamente grande. É que, como as casas eram pequenas e escuras, as pessoas passavam a maior parte do tempo ao ar livre. Nesse pátio as mulheres assavam o pão - semelhante ao atual pão árabe - cuidavam das crianças e fiavam a lã. Neles, os homens cuidavam de seus ofícios e produziam vinho e azeite. Essa era a "zona urbana" de Nazaré. Outra parcela da população vivia na "zona rural".

As famílias podiam possuir ou arrendar um lote de terra nas redondezas de Nazaré. Plantavam trigo e cevada. Criavam cabras e ovelhas. Porcos não haviam nessa região por causa das restrições alimentares da lei judaica. De noite, os animais domésticos eram abrigados em um cômodo ao lado dos moradores humanos ou ficavam presos fora da casa.
Havia um bom comércio de vinho e azeite, muitas oficinas de oleiros, fabricantes de artigos de vidro, tecelões que trabalhavam com lã e com linho e fabricantes de esteiras de palha. Nessa vila nasceu e foi criado Jesus.

Recentemente, quis-se defender que Jesus era analfabeto. Isso não passa de ideologia esquerdista sem nenhum embasamento. É falso. Mas há um mistério a ser resolvido. Como Jesus poderia saber tanto vivendo em uma aldeia como a descrita. Jesus aos 30 anos de idade discutia com os doutores da lei, conhecia os textos sagrados do judaísmo, várias culturas como a dos gregos e a dos gnósticos, e outras religiões como o budismo. Jesus era culto. Até intelectuais como Nicodemo iam se encontrar com ele à noite, às escondidas, para discutir temas filosóficos como a metamorfose indispensável para dar um salto do frio culto à lei rumo à liberdade de espírito do novo Reino anunciado por ele. Nascem assim, as hipóteses de que teria vivido no culto Egito ou na ainda mais culta Índia.

Onde e quando nasceu Jesus?

José, o pai de Jesus, era carpinteiro?

Maria, aliás "Mariam" ou "Miriam", parece que arrumou um bom partido. O termo grego "têkton", que designa nos evangelhos a profissão de José, não significa exatamente "carpinteiro". Está mais próximo de "construtor" ou "empreiteiro". Um sujeito que podia trabalhar tanto com madeira como com pedra e ferro. Isso significa que se alguém necessitasse de ajuda para construir sua casinha em Nazaré, provavelmente contratava José e sua equipe. Alguns antigos relatos cristãos dizem ainda que a "empresa" dele tinha se especializado em fazer peças para carroças e arados. Faz mais sentido em pensar em nosso "têkton" como um membro da classe média, não como um carpinteiro miserável. Esse era o ambiente em que nasceu Jesus. Um jovem de classe média e extremamente culto.

Eu disse "Mariam"? Sim, acontece que essa é a forma mais comum do nome da mãe de Jesus nos textos originais dos evangelhos - escritos em grego. Eu também disse "Miriam"? Em hebraico, idioma do Antigo Testamento e que não era mais usado pelo povo na época que nasceu Jesus, o nome de Maria seria "Miriam".

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!